INFLUÊNCIA DO PESO DA SEMENTE SOBRE A GERMINAÇÃO E O VIGOR DE

CEVADILHA VACARIANA (Bromus auleticus Trinius)

 

SEED WEIGHT ON GERMINATING AND VIGOUR OF CEVADILHA VACARIANA (Bromus auleticus Trinius)

 

Gustavo Martins da Silva; Manoel de Souza Maia; Carlos Otávio Costa Moraes

 

R. Bras. Agrociência, Pelotas, v.13, n.1, p.123-126,  jan-mar, 2007

 

 


RESUMO 

 

A espécie Bromus auleticus, também chamada de cevadilha vacariana, é uma gramínea perene nativa de elevado potencial forrageiro, disponível no período de maior carência alimentar para os rebanhos do Rio Grande do Sul. Com o objetivo de avaliar a influência do peso da semente sobre sua qualidade fisiológica, foram separadas amostras de sementes dos acessos Livramento e Limoeiro, presentes no Banco Ativo de Germoplasma da Embrapa Pecuária Sul (Bagé-RS), originando três frações com diferentes pesos de 1000 sementes. As variáveis analisadas foram a germinação e o vigor das sementes, o peso seco e o comprimento de plântulas. A germinação em ambos os acessos não foi afetada pelo peso das sementes. O vigor, avaliado pelo teste de envelhecimento acelerado, indicou superioridade às sementes pesadas e médias, que não diferiram significativamente entre si. O peso seco de plântulas não foi afetado pelo peso de sementes, mas o comprimento de plântulas foi maior naquelas oriundas de sementes mais pesadas. Concluiu-se que o peso de sementes de Bromus auleticus não influencia a germinação, entretanto, exerce influência sobre o vigor das sementes, que foi avaliado pelos testes de envelhecimento acelerado e comprimento de plântulas.

 

Palavras-chave: forrageira, nativa, perene.

 

ABSTRACT

 

 Bromus auleticus, called “cevadilha vacariana”, is a native perennial grass with high forage potential, available in the period of lack of food to animal herds in Rio Grande do Sul. The objective of this work was to evaluate the influence of seed weight in the physiological quality. Seed sample of accessions “Livramento” and “Limoeiro” of Embrapa Pecuária Sul (Bagé-RS) collection were separated, originating three lots with different weight of thousand seeds. Germination and vigour of seeds, dry weight and length of seedlings were evaluated. The germination of both accessions were not affected for weight of seeds. The vigour, evaluated by “accelerated aging test”, indicated superiority for high and medium weight seeds, that did not differ from each other. The weight of seedlings was not affected by seed dry weight, but length of seedlings was greater in those originating  from heavier seeds. It was concluded that seed weight of Bromus auleticus does not influence  germination, however, influences the vigour of seeds, witch was evaluated by “accelerated aging test” and length of seedlings.

 

Key words: forage, native, perennial.

 

Clique aqui para obter o artigo completo